Escolha uma Página

A colonoscopia é um exame que serve para avaliar todo o intestino grosso e final do intestino fino.

Ele é feito com sedação e o paciente dorme durante todo o procedimento.

Um aparelho fino, com uma câmera em sua ponta percorre todo o intestino.

Caso encontre alguma alteração durante o exame alguns procedimentos como biópsias e polipectomia podem ser realizados imediatamente.

Qual é a importância da colonoscopia?

A colonoscopia é o principal exame recomendado pelos médicos para rastrear e prevenir o câncer colorretal, tumores que afetam o cólon (parte central do intestino grosso) e o reto (parte final do intestino grosso). Atualmente, essa doença é a terceira maior causa de mortes por câncer no Brasil e no mundo. Porém, estudos mostram que a realização regular da colonoscopia pode reduzir entre 50% e 60% dessas ocorrências.

Além de permitir detectar um tumor em fases mais iniciais, o que aumenta as chances de sucesso do tratamento, esse exame tem um importante papel preventivo, pois possibilita identificar e remover pólipos, lesões benignas que podem se transformar em um tumor maligno.

Além de seu importante papel no diagnóstico precoce do câncer colorretal ou na sua prevenção, por meio da remoção dos pólipos, a colonoscopia também é indicada para investigar sintomas como sangramento, diarreia persistente, dor abdominal sem causa aparente e alterações do hábito intestinal, detectando doenças inflamatórias, infecciosas, diverticulares (bolsas que se formam na parede do cólon) e autoimunes, entre outras.

Como é a preparação para colonoscopia?

O preparo para a colonoscopia é determinado pelo serviço onde você irá realizar o exame.

Porém geralmente consiste em dieta pobre em resíduos na véspera, uso de laxativos, remédios sintomáticos, boa hidratação e jejum absoluto de 8 horas antes do exame.

Essa etapa é muito importante, pois o intestino precisa estar totalmente limpo, sem fezes, para ser totalmente visualizado. Os pólipos podem ser tão pequenos como 0,3cm e para serem visualizados não pode ter resíduo fecal.

Alguns pacientes podem apresentar náuseas ou vômitos, e é comum ter diarréia durante o preparo.

Esses sintomas são causados pela quantidade de líquido que deve ser ingerida junto com os laxantes. Por conta disso, o paciente acaba indo várias vezes ao banheiro.

Quando fazer a colonoscopia?

A indicação atual é que todas as pessoas de qualquer sexo e a partir dos 45 anos precisam fazer uma colonoscopia inicial, independentemente de sintomas ou fatores de riscos familiares.

Isso porque devemos ver se há alguma lesão que possa causar um câncer ao longo da vida. Caso não seja encontrado nada no exame, ele poderá ser repetido dentro de 1, 3 ou 5 anos, depende de cada caso.

Se na família existem casos de câncer de intestino, vale a pena ser avaliado por um médico, para verificar a necessidade de realizar o exame antes dos 45 anos.

Fica a dica: familiares de parentes de primeiro grau (pais, mães e irmãos) que foram acometidos pelo câncer de intestino precisam realizar a colonoscopia.

Além desses casos de prevenção do câncer, algumas doenças e sintomas podem indicar a necessidade de realização da colonoscopia antes dos 45 anos. Como no caso de suspeita de doenças inflamatórias intestinais, constipação intestinal, doença diverticular, diverticulite, síndrome do intestino irritável, entre outras.

Ficou com alguma duvida? Entre em contato:

Telefone: (11) 4040-2038 / (11) 97805-4387

(11) 4395-1284 / (11) 99866-3632